Áreas Clínicas
Unidade de Mama
Fundação Champalimaud

Áreas Clínicas

Unidade de Mama

A Unidade de Mama do CCC, criada em 2011 com a direção da Dra. Fátima Cardoso, tornou-se, em setembro de 2014, "Full Member of Breast Centres Network" e em maio de 2016 obteve a certificação europeia “Breast Centres Certification” (n.º 1025/00) tornando-se assim a primeira Unidade de Cancro de Mama certificada em Portugal.

Unidade de Mama

Unidade Multidisciplinar de Patologia

Reuniões multidisciplinares

Diariamente esta equipa investiga e trabalha para alterar as estatísticas da doença: o cancro da mama é o tipo de cancro mais comum entre as mulheres, e das principais causas de morte oncológica (cerca de 1.500 mulheres morrem, por ano em Portugal).

Na Unidade de Mama, todas as semanas são realizadas reuniões multidisciplinares para decisões de tratamento. Nas reuniões multidisciplinares, para além dos elementos residentes da Unidade da Mama que incluem oncologistas médicos, cirurgiões, cirurgiões plásticos, radioncologistas, imagiologistas, patologistas, enfermeiras especializadas, contamos também com a presença de, especialistas em medicina nuclear, psico-oncologista e especialista em cuidados paliativos.

Esta organização e reuniões baseiam-se no modelo multidisciplinar adotado no CCC, no qual todos os doentes são discutidos na reunião semanal de planeamento e decisão terapêutica (MDT), fundamentando as decisões clínicas em linha com orientações internacionais consagradas das organizações científicas Europeias, particularmente as da “European Society of Medical Oncology” (ESMO) e “Advanced Breast Cancer Consensus Guidelines” (ABC), e por vezes Americanas (ASCO e NCCN).

A equipa dispõe ainda de um “data-manager”, responsável pela base de dados “Breast Care” e do apoio de dois coordenadores de ensaios clínicos, em estreita colaboração com a Unidade de Investigação Clínica do CCC.
Todos os membros da unidade são especialistas no diagnóstico e tratamento das doenças da mama, nomeadamente cancro da mama precoce em situação pré-operatória e pós-operatória e cancro da mama avançado ou metastático. A Unidade é reconhecida pela sua competência e experiência no tratamento do cancro de mama no homem e cancro de mama durante a gravidez, situações que, por serem raras, requerem um acompanhamento em Unidades muito diferenciadas.

A Unidade de Mama dá, ainda, apoio aos doentes de alto risco, portadores de mutação associadas a síndrome hereditário oferecendo estratégias de vigilância adequadas e cirurgias de redução de risco.

Cancro de Mama

Dizer a alguém que tem um cancro é sempre uma notícia devastadora e que vai mudar a vida da pessoa. Mas atualmente o cancro da mama precoce, diagnosticado atempadamente, tem uma probabilidade de cura no global superior a 70% e nalguns subtipos mesmo de 90%. É muito bom poder dar essa notícia juntamente com a do diagnóstico.

Dr. Fátima Cardoso, Diretora da Unidade de Mama, in Público

Unidade de Mama

Diagnóstico e tratamento

Diagnóstico e tratamento

O diagnóstico precoce é determinante para os resultados clínicos alcançados

É ainda dada particular relevância à avaliação de risco e diagnóstico precoce enquanto procedimento fulcral para a prevenção do cancro e controlo atempado da sua progressão. As mamografias desempenham um papel de importância extrema neste trabalho por serem uma das principais ferramentas utilizadas para estudar o tecido mamário e detetar lesões potencialmente cancerígenas. Podem fazer, e fazem, toda a diferença.

A Unidade dispõe de recursos para todos os exames de imagem necessários. Conta com 2 mamógrafos para mamografia digital, incluindo tomossíntese, microdose e análise espectral do tecido mamário, e 3 ecógrafos dedicados. Existe uma sala dedicada aos exames de radiologia mamária de intervenção, incluindo biópsias estereotáxicas ou guiadas por ecografia ou RM, marcação pré-cirúrgica de lesões ou pré-tratamento sistémico neoadjuvante.

A equipa da Unidade de Mama está empenhada em conseguir os melhores resultados para os seus doentes nas várias vertentes do diagnóstico e tratamento, enquanto simultaneamente procura assegurar a sua qualidade de vida e a prestação de um serviço de topo. É disso exemplo o programa cirúrgico da Unidade que se baseia numa estratégia inovadora de preservação anatómica, sendo a equipa especializada na cirurgia oncoplástica, através da resseção do tumor e reconstrução mamária total ou parcial, de preferência na mesma intervenção, diminuindo assim o impacto físico e psicológico da doença na mulher. A Unidade está classificada internacionalmente como uma Unidade Oncoplástica de Nível 3, realizando mais de 100 reconstruções mamárias por ano, com base em todas as técnicas disponíveis, incluindo a microcirurgia.

Também a equipa do Serviço de Radioncologia do Centro Clínico Champalimaud, faz uso dos mais avançados equipamentos e técnicas de radioterapia para o tratamento de cancro de mama primário (radioterapia adjuvante — IMRT/VMAT) e do cancro de mama avançado (radioterapia estereostática paliativa ou ainda IMRT fracionada, perante a presença de lesões metastáticas cerebrais, ósseas, ganglionares, ou outras). O Serviço de Radioncologia do CCC dispõe de todos os requisitos para conduzir ensaios clínicos no seio da “EORTC Radiation Oncology Network” (programa de controlo de qualidade) e está certificado pela “International Atomic Energy Agency”.

A Unidade de Mama tem uma equipa de enfermeiras dedicadas que acompanham os doentes nas diferentes etapas da sua doença. Todos os doentes têm uma consulta de enfermagem que acompanha sempre a primeira consulta – e no pré e pós-operatório. A equipa de enfermagem, especialista em feridas cirúrgicas, é fundamental para o acompanhamento pós-operatório. Esta equipa assegura ainda a avaliação geriátrica em doentes idosas, a avaliação do “distress”, a realização da tatuagem da zona mamilar e a execução dos registos fotográficos pré e pós-operatórios.

Unidade de Mama

Investigação Clínica

Apostar na personalização da medicina

É nossa convicção que grandes avanços estão ao alcance da investigação clínica e translacional e da prestação de cuidados médicos de excelência, seguindo as recomendações internacionais. Todos os tratamentos efetuados e segundas opiniões são baseados em evidência científica, estando vários ensaios clínicos em curso na Unidade de Mama do Centro Clínico Champalimaud.

A Unidade desenvolve intensa atividade de investigação clínica, através de ensaios clínicos de natureza académica, estudos de carácter epidemiológico e investigação aplicada, tirando partido das robustas colaborações internacionais que tem com grupos dedicados ao estudo do cancro de mama, como a European Organization for Research and Treatment of Cancer (EORTC), a International Breast Cancer Study Group (IBCSG) e o grupo SOLTI (Grupo Académico en Investigación Clínica de Referencia en Cáncer de Mama). De entre os ensaios clínicos internacionais, tanto de índole académica como patrocinados pela indústria farmacêutica, diversos têm sido coordenados pela equipa da Unidade de Mama. A sua atividade científica estende-se ainda ao desenvolvimento de diversos projetos de investigação integrada, nomeadamente a investigação de translação (i.e. colaboração entre a investigação básica e a clínica), com financiamento específico por parte de instituições nacionais e internacionais.

Investigação Clínica

Unidade de Mama

Certificação

Áreas de Interesse

A Unidade de Mama do CCC é a primeira certificada em Portugal

Em 2016 a Unidade de Mama do CCC tornou-se a primeira Unidade de Mama certificada em Portugal, pela ITALCERT em parceria com a BCCERT. Esta certificação vem assim atestar que a Unidade de Mama da Fundação Champalimaud está em conformidade com as diretrizes EUSOMA enquanto centro especialista em tratamento do cancro da mama e é uma das unidades de excelência a nível europeu e mundial.

Unidade de Mama

Formação

Bolsas e ensino

Desde 2013 que a Unidade de Mama recebe médicos e estagiários, provenientes de diversos países, para realizarem períodos de observação e fellowships, acompanhando a sua atividade clínica e de investigação.

A Unidade de Mama tem um programa em conjunto com a ESO – European School of Oncology desde 2014 sendo considerada um "Clinical Training Centre". Do mesmo modo, desde 2016, que foi aceite para figurar como um “Fellowship Host Institute” da ESMO - European Society of Medical Oncology.

A nível nacional, a Unidade de Mama celebrou igualmente um acordo de parceria com a NOVA Medical School destinada a alunos em curtos estágios em pré-graduação e em pós graduação no âmbito do mestrado de investigação clínica.

Formação

Unidade de Mama

A Equipa

Conheça a nossa equipa

Todos os membros da unidade são especialistas no diagnóstico e tratamento das doenças da mama, nomeadamente cancro da mama precoce em situação pré-operatória e pós-operatória e cancro da mama avançado.

É nossa firme convicção que a qualidade do tratamento depende da qualidade da equipa, sendo que esta será “tão forte como o seu elo mais fraco” (Thomas Reid) por isso apostamos no contínuo enriquecimento do nosso conhecimento individual e como equipa.

FÁTIMA CARDOSO, DIRETORA, MÉD.

FÁTIMA CARDOSO, DIRETORA, MÉD.

ONCOLOGIA MÉDICA

ANA LUÍSA VASCONCELOS

ANA LUÍSA VASCONCELOS

RADIONCOLOGIA

ANTÓNIA VASCONCELOS, MÉD.

ANTÓNIA VASCONCELOS, MÉD.

RADIOLOGIA

Ana Gonçalves

Ana Gonçalves

GESTÃO DE DOENTES

Ana Lopes

Ana Lopes

ASSISTENTE ADMINISTRATIVA

Ana Valente

Ana Valente

ASSISTENTE OPERACIONAL

André Cardoso

André Cardoso

DATA MANAGER

BERTA SOUSA, MÉD.

BERTA SOUSA, MÉD.

ONCOLOGIA MÉDICA

Betina Guerreiro

Betina Guerreiro

GESTÃO DE DOENTES

CELESTE ALVES, MÉD.

CELESTE ALVES, MÉD.

RADIOLOGIA DE MAMA

Carla Oliveira, MÉD.

Carla Oliveira, MÉD.

MEDICINA NUCLEAR

Carlos Mavioso, MÉD.

Carlos Mavioso, MÉD.

CIRURGIA RECONSTRUTIVA

Carolina Almeida

Carolina Almeida

ENFERMEIRA

Catarina Farinha

Catarina Farinha

TÉCNICA DE RADIOLOGIA

Cátia Costa

Cátia Costa

ASSISTENTE OPERACIONAL

Daniela Lopes

Daniela Lopes

ENFERMEIRA

David Pinto, MÉD.

David Pinto, MÉD.

CIRURGIA DA MAMA

Diana Carvalho

Diana Carvalho

ENFERMEIRA

Diana Frasquilho

Diana Frasquilho

PSICÓLOGA

Dinalva Pereira

Dinalva Pereira

ASSISTENTE OPERACIONAL

Eva Batista, MÉD.

Eva Batista, MÉD.

RADIOLOGIA DE MAMA

Filipa Cardoso

Filipa Cardoso

GESTÃO DE DOENTES

Graça Silva

Graça Silva

ENFERMEIRA

Helena Cruz

Helena Cruz

ENSAIOS CLÍNICOS

Helena Gouveia

Helena Gouveia

ONCOLOGIA MÉDICA

JAVIER MORALES, MÉD.

JAVIER MORALES, MÉD.

RADIONCOLOGIA

JOANA IP, MÉD.

JOANA IP, MÉD.

RADIOLOGIA

JOÃO CORREIA ANACLETO, MÉD.

JOÃO CORREIA ANACLETO, MÉD.

CIRURGIA RECONSTRUTIVA

Joana Costa

Joana Costa

TÉCNICO DE RADIOLOGIA

Joana Ribeiro, MÉD.

Joana Ribeiro, MÉD.

ONCOLOGIA MÉDICA

LUZIA TRAVADO, MSc, PhD

LUZIA TRAVADO, MSc, PhD

PSICO-ONCOLOGIA

Leonor Bastos

Leonor Bastos

ENFERMEIRA

MARIA CLARA ALELUIA, MÉD.

MARIA CLARA ALELUIA, MÉD.

RADIOLOGIA DE MAMA

MARIA JOSÉ BRITO, MÉD.

MARIA JOSÉ BRITO, MÉD.

ANATOMIA PATOLÓGICA

MARIA JOÃO CARDOSO, MÉD., PhD

MARIA JOÃO CARDOSO, MÉD., PhD

CIRURGIA DA MAMA

Marisa Gonçalves

Marisa Gonçalves

ASSISTENTE OPERACIONAL

Marta Martinho

Marta Martinho

ENFERMEIRA

Maurício Chumbo, MÉD.

Maurício Chumbo, MÉD.

ONCOLOGIA MÉDICA

Pedro Gouveia, MÉD.

Pedro Gouveia, MÉD.

CIRURGIA DA MAMA

RITA CANAS MARQUES, MÉD.

RITA CANAS MARQUES, MÉD.

ANATOMIA PATOLÓGICA

Rita Santiago

Rita Santiago

TÉCNICA DE RADIOLOGIA

Romana Gomes

Romana Gomes

TÉCNICA DE RADIOLOGIA

Sandra Branquinho

Sandra Branquinho

ASSISTENTE OPERACIONAL

Sandra Costa

Sandra Costa

TÉCNICA DE RADIOLOGIA

Sofia Bragança

Sofia Bragança

ASSISTENTE PESSOAL

Sofia Vaz, MÉD.

Sofia Vaz, MÉD.

MEDICINA NUCLEAR

Susan Valério

Susan Valério

ENSAIOS CLÍNICOS

Susana Pedro

Susana Pedro

ENFERMEIRA RESPONSÁVEL

Sérgio Castedo, MÉD., PhD

Sérgio Castedo, MÉD., PhD

GENÉTICA

Sónia Anjos

Sónia Anjos

ASSISTENTE ADMINISTRATIVA

Tânia Alcobia

Tânia Alcobia

ASSISTENTE OPERACIONAL

Tânia Lucas

Tânia Lucas

ENSAIOS CLÍNICOS

Vanessa Pinto

Vanessa Pinto

ASSISTENTE ADMINISTRATIVA

Vera Garrido

Vera Garrido

TÉCNICA DE RADIOLOGIA